É com muita felicidade que anunciamos que Morte e Morte de Johnny Zombie foi selecionado para a 4ª Mostra Cinema de Bordas, que acontece no Itaú Cultural, com curadoria dos queridíssimos Bernadette Lyra, Gelson Santana e Laura Cánepa, e tem como foco os filmes que estão nas bordas da produção vigente. Foi na terceira edição, aliás, que Gabriel Carneiro convidou Joel Caetano e Mariana Zani para estrelarem o filme. MMJZ estará em muito boa companhia, com filmes como DR, de Felipe M. Guerra e Joel Caetano, Vermibus, de Rubens Mello, A Noite do Chupacabras, de Rodrigo Aragão, A Maudição da Casa de Vanirim, do Seu Manoelzinho, entre muitos outros.

E mais: tem oficina o pessoal da RZP, o Joel Caetano e Mariana Zani, Produzindo com Recurso Zero (horários abaixo), e entrevistas para o programa Jogo de Ideias – às 18h, com as musas bordeiras Mariana Zani, Gisele Ferran, Kika Oliveira, Dona Oldina do Monte e Bernadette Lyra, e às 20h, com o Seu Manoelzinho, junto com o Inácio Araujo; mediações do Claudiney Ferreira.

Morte e Morte de Johnny Zombie será exibido no dia 02/08, quinta, às 18h, no Itaú Cultural (Av. Paulista, 149, próximo ao metrô Brigadeiro).

Frame do filme tem sido utilizado na divulgação da mostra, o que é muito bacana! Confiram:

Confiram como a programação está bacanuda:
Cinema de Bordas – Quarta Edição
Quarta 1 a domingo 5 de agosto 2012 – SP
Filmes feitos com poucos recursos, mas com muita criatividade chegam ao Itaú Cultural em mostra e debates.quarta 1 agosto

20h conversa com os curadores Bernadette LyraGelson Santana e Laura Cánepa e exibição de uma seleção especial de filmes.
Onde Está Meu Rim? de Renato Dib
Roqui Son Contra o Extermínio Ambiental, de Renato Dib
DR, de Felipe Guerra e Joel Caetano
Vermibus, de Rubens Mello

quinta 2 agosto

18h
Morte e Morte de Johnny Zombie, de Gabriel Carneiro
Entrega Especial, de Rodrigo Brandão
Fatman & Robada, de Rogério Baldino
Brasil, um País de 5%, de Nerivaldo Ferreira e Johel Alvez Bright

20h
Hipnose Para Leigos, de Chico Lacerda
Como Irritar Dandies do Hardcore, de Gurcius Gewdner
Mais Denso que Sangue, de Ian Abé
Jerônimo, O Herói do Sertão, de David Rangel

Bate-papo com David Rangel, um dos precursores da realização dos filmes de bordas no Brasil. A conversa será mediada por Rogério Ferraraz, pesquisador e coordenador do mestrado em comunicação da Universidade Anhembi Morumbi.

sexta 3 agosto

18h
Antes/Depois, de Christian Caselli
Bastar, de Gustavo Serrate
Black Power Jones, de Igor Simões Alonso
O Cabra Bode, de Milton Santos

20h
Necrochorume, de Geisla Fernandes
Lua Perversa 2, de André Bozzetto Jr.
A Lenda da Lagoa Vermelha II – A Vingança, de Eutímio Carvalho
A Maudição da Casa de Vanirim, de Manoel Loreno (Seu Manoelzinho)

Bate-papo entre os curadores e realizadores presentes

sábado 4 agosto

18h
A Lenda da Lagoa Vermelha II – A Vingança, de Eutímio Carvalho
Uma Vinchester Para Três Tumbas, de Arlindo Filho

20h
Lua Perversa 2, de André Bozzetto Jr.
Flor de Abril, de Cícero Filho

domingo 5 agosto

16h
Jerônimo, O Herói do Sertão, de David Rangel
A Maudição da Casa de Vanirim, de Manoel Loreno (Seu Manoelzinho)
Black Power Jones, de Igor Simões Alonso
DR, de Felipe Guerra e Joel Caetano

Bate-papo entre os curadores e realizadores presentes

18h
Vermibus, de Rubens Mello
A Noite dos Chupacabras, de Rodrigo Aragão

 

Oficina Produzindo com Recurso Zero

Quinta 2 a sábado 4

14h às 18h

Roteiro, pré-produção, captação de imagens e finalização. Todas as etapas de realização de um filme serão abordadas nessa oficina tendo com referência o trabalho feito pela produtora paulista de filmes Recursos Zero Produções. Criada a 11 anos pelos cineastas Joel Caetano, mariana Zani e Danilo Baia, a Recurso Zero já realizou 13 curtas-metragens. Alguns deles, a exemplo de Minha Esposa É um Zumbi(2006), Junho Sangrento (2007) e Gato (2009), receberam prêmios importantes, como o de Melhor Filme pelo Júri Popular do Cinefantasy.

A idéia do curso é passar parte dessa experiência aos participantes de forma teórica e principalmente prática, estimulando a criatividades dos alunos e mostrando que poderemos produzir bons filmes com poucos recursos, apenas com que temos nas mãos.

Como meta, os alunos devem concluir o curso com pelo menos um curta produzido pela turma.

15 vagas
[inscrições para a oficina até 31 de julho pelo telefone 11 2168 1779]
Sala Itaú Cultural (247 lugares)
[indicado para maiores de 18 anos]

Anúncios