Morte e Morte de Johnny Zombie, sabe-se, pode não estar bombando nos festivais ou enriquecendo e levando à fama seu diretor, mas tem tido uma recepção bem bacana e alguns destaques na mídia. Resolvemos destacar, por aqui, algumas:

Mídia impressa

A veiculação na mídia impressa (jornais e revistas) tem sido minguada, mas com resultados muito bacanas.

O maior destaque foi a reportagem feita por Paulo Henrique Silva no jornal mineiro Hoje em Dia, publicada no dia 5/8/2012, na página 32 do caderno Domingo! Grande honra para todos nós! A matéria também foi disponibilizada no site e teve chamada na home, com imagem do filme.

Por conta da Mostra Cinema de Bordas, o filme também foi destaque no jornal O Estado de S. Paulo, dia 1/8/12, em texto assinado por Luiz Carlos Merten (errando o nome do filme e da produtora, mas quem se importa?), link aqui, e no jornal Metro, dia 31/7/12, com uma foto do filme ilustrando a matéria sobre a mostra.

Internet

MMJZ também foi destaque na internet. O grande Petter Baiestorf fez longa entrevista com Gabriel Carneiro e ainda resenhou o filme, em seu blog Canibuk, em texto do dia 12/12/2011. Confira o texto aqui.

Outro destaque na internet foi a entrevista dada pela atriz Charlene Chagas a Marcelo Milici, do portal Boca do Inferno, em 14/12/2011. O texto pode ser lido aqui.

O Ivandro Godoy, do portal Gore Boulevard, também publicou uma nota bacana sobre o filme, mesmo antes de seu lançamento, 2/9/2011! Veja aqui. E Pedro Zambarda escreveu rápida resenha no blog Bolca da Foca, em 20/12/2011, aqui.

Obs1: Esse post será atualizado assim que tiver mais coisas bacanas sobre o filme na mídia.

Obs2: Priorizei textos que falassem mais do filme (não apenas notícias com o MMJZ programado em algum lugar). Aqueles que só destacaram o filme com foto, priorizei os de mídia impressa.

Obs3: Durante o Curta Cinema 2011, um dos programas da GloboNews ilustrou sua matéria com longo trecho de MMJZ, porém o link do site não funciona.

Anúncios