Morte e Morte de Johnny Zombie é a estreia do jornalista, pesquisador e crítico de cinema Gabriel Carneiro na direção e no roteiro de um filme. Sempre interessado no cinema fantástico, Carneiro, que é repórter da Revista de CINEMA e da Revista Zingu!, entre outros, quis estrear num filme de gênero, por julgar que a diversidade cinematográfica passa por todos os tipos de cinema, acreditando que se pode fazer um filme inteligente, bem pensado e bem construído, inventivo e de grande alcance. “Nunca entendi direito porque há tantos preconceitos contra o cinema de gênero, em especial o fantástico. Pode-se fazer filmes muito criativos e inventivos em qualquer gênero, pode-se experimentar em qualquer ocasião. Não é porque se usa certo mecanismos, que não se pode fazer algo novo que discuta a linguagem e seus parâmetros”, comenta Carneiro.

Morte e Morte de Johnny Zombie é um filme de gênero, um filme de zumbi, sem medo ou vergonha de assim sê-lo. Um filme sério de zumbi, ainda que tenha seus alívios cômicos, mas fugindo dos clichês e estereótipos excessivos. Para tal, pensa e cria em cima disso, usando uma câmera subjetiva, maquiagem mais leve, sem próteses, e trilha musical calma e anticlimática. “A idéia era fazer um filme de zumbi em que o protagonista vai se transformando e percebendo muito sutilmente essa mudança, passando da agonia à indiferença. É, na verdade, um filme de personagem”, conta Gabriel Carneiro.

Equipe, elenco e como surgiu – Tudo surgiu com uma ideia de sua amiga Marília Passos, que escreveu o argumento: um filme com um protagonista zumbi, que mostrasse seu processo de transformação. “Ao ouvir a ideia, logo veio à minha mente: um filme de zumbi com visão subjetiva! Isso vai ser ótimo”, conta o diretor. Assim nasceu Morte e Morte de Johnny Zombie. Carneiro logo então contatou seus parceiros Adriana Câmara – diretora do curta premiado 1:21 e assistente de direção do longa Desenrola, entre outros -, Dênis Arrepol – produtor de Instantâneo – e Pedro Ribaneto – diretor e roteirista de Instantâneo -, além de fazer um comunicado geral no Facebook, atraindo muito amigos ao projeto.

Realizado num modelo coletivo, com baixíssimo orçamento – estimado em R$ 700,00 -, em quatro diárias, Morte e Morte de Johnny Zombie buscou superar os obstáculos da falta de dinheiro com criatividade, contando sempre com o apoio de pessoas que emprestavam equipamentos e com profissionais da área que acreditavam no projeto, para que, justamente, a produção fosse o mais profissional possível. Rodado em full HD com uma T2i e usando como gravador de som um ZoomH4n, o filme foi montado por Fábio Yamaji – do premiadíssimo curta O Divino, de Repente. Nos efeitos especiais, feitos a partir de maquiagem de caracterização, está o expert Fritz Martiliano – de O Azif, entre outros.

No elenco, os cineastas independentes e atores Joel Caetano – Minha Esposa é Um Zumbi, Gato e Estranha –, Felipe M. Guerra – Canibais & Solidão, Extrema Unção – e Mariana Zani – atriz de O Assassinato da Mulher Mental. Também compõem o elenco a atriz Charlene Chagas, promessa das artes dramáticas, com passagem inclusive pela Rede Globo (na novela Passione). Estreando nos cinemas, Ana Luíza Garcia, Chico Spagnolo e Jorge Miguel.

Veja o filme!

Morte e Morte de Johnny Zombie
(2011, HD, 13’45’’, 2.35:1, 12 anos)
Direção e Roteiro: Gabriel Carneiro
Argumento: Marília Passos
Assistente de Direção: Adriana Câmara
Companhia produtora: Belluah Produções
Produção Executiva: Gabriel Carneiro e Marília Passos
Produção: Dênis Arrepol
Assistentes de Produção: Anderson Cássio e Laisa Beatris
Direção de Fotografia e Câmera: Pedro Ribaneto
Assistente de fotografia: Carina Misobuchi
Efeitos especiais em Maquiagem: Fritz Martiliano
Assistente de maquiagem: Ana Luiza Baars
Montagem: Fábio Yamaji
Direção de arte: Fernanda Fernandes e Gabriel Carneiro
Figurino: Fernanda Fernandes
Trilha musical: Felipe Vilasanchez
Som direto: Lucas Corazzini e Rafael Alves Ribeiro
Edição de áudio: Raphael Picerni
Efeitos visuais: Jonathan Post
Correção de cor: Rodrigo Mesquista
Still: Laisa Beatris
Poster: Heric Reis
Making of: Adriana Câmara,Anderson Cássio, Carina Misobuchi, Dênis Arrepol, Fernanda Fernandes, Gabriel Carneiro e Laisa Beatris
Elenco: Joel Caetano (Johnny Zombie), Charlene Chagas (Manuela), Felipe M. Guerra (Bruno), Mariana Zani (Julia), Ana Luiza Garcia (Ana), Chico Spagnolo (Leo), Jorge Miguel (Rafael), Gabriel Carneiro (Felipe), Adriana Câmara (Amanda), Marília Passos (Zumbi 1), Fernanda Fernandes (Vítima do zumbi 1), Thiago Neri Colisse (Zumbi 2), Dênis Arrepol (Zumbi 3)

Sinopse:  Johnny Zombie é um mero engenheiro de plantão numa fábrica de pesticidas. Um gás tóxico vaza, e, aos poucos, Johnny morre, ainda que vivo.

Lista de festivais em que o filme foi selecionado:

21º Curta Cinema – Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro (outubro/2011)
4º Zinema Zombie Fest (Colômbia, novembro/2011)
6º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico (novembro, dezembro/2011)
4ª Mostra Outros Cinemas (novembro/2011)
1ª Mostra de Cinema Independente da CODE (novembro/2011)
8º Festival Imagem-Movimento (dezembro/2011)
6º Festival Autorock (dezembro/2011)
Sessão do Comodoro (março/2012)
VIII Prêmio FIESP/SESI-SP do Cinema Paulista (abril/2012)
Corvo de Gesso 2012 (maio/2012)
4ª Mostra Cinema de Bordas (agosto/2012)
3º RioFan – Festival Fantástico do Rio (agosto/2012)
3ª Mostra Espantomania (agosto/2012)
1ª Mostra Nacional de Curta-Metragens (agosto/2012)
2ª Guarufantástico – Mostra de Curtas Fantásticos de Guarulhos (agosto/2012)
6º Curta Cabo Frio – Festival de Audiovisual da Costa do Sol (setembro/2012)
13º Buenos Aires Rojo Sangre (Argentina, outubro/2012)
V Post Mortem – Festival de Cine de Horror y Bizarro (México, outubro/novembro/2012)
TRASH – 6ª  Mostra Goiana de Filmes Independentes (outubro/2012)
Cine Terror na Praia – Parte: 4 (novembro/2012)
A Vingança dos Filmes B – Parte 2 (novembro/2012)
Onde os Vivos não Tem Vez (maio/2013)
11º Festival International de cinepobre (México, 2013)
8º Montevideo Fantastico (Uruguai, dezembro/2013)
Medo e Delírio no Cinema Brasileiro (outubro/2014)
2º Mondo Estranho (junho/2015)

Clipping 
Morte e Morte de Johnny Zombie na mídia

Trailer

Fanpage:

http://www.facebook.com/pages/Morte-e-Morte-de-Johnny-Zombie/136852986384327?fref=ts

Stills

Anúncios